Cor é Luz


Imagem criada no Photoshop, após o convite feito por uma grande amiga Paula Muniz psicóloga renomada na cidade de Niterói – RJ, para praticar Meditação. Convite aceito, que fez diferença na minha vida e que foi motivo de inspiração para uma série chamada “Pontos de Luz”. Valeu!

Só podemos perceber as cores na presença da luz.Cor é luz. Sem a luz, nossos olhos não conseguem captar as cores. A luz branca é formada pela reunião de numerosas radiações coloridas que podem ser separadas. A cor é o resultado do reflexo da luz que não é absorvida por um pigmento. Dessa forma, podemos estudar as cores sob duas teorias que estão diretamente relacionadas, embora parecam opostas : a COR-LUZ e a COR-PIGMENTO.

Cor-Luz Cor-luz, ou colorido, é a radiação luminosa visível que tem como síntese aditiva a luz branca.Ou seja, a cor é uma sensação provocada pela luz sobre o órgão da visão. A cor-luz pode ser observada através dos raios luminosos. Cor-luz é a própria luz, que pode se decompor em muitas cores, concluindo-se que a luz branca contém todas as cores. Isaac Newton fez surpreendentes descobertas sobre a luz e as cores. Seus estudos partiram da observação do arco-íris. Newton “reproduziu” um arco-íris dentro de casa, usando prismas e lentes, onde fez incidir a luz do Sol.A faixa colorida que obteve ao separar as cores é chamada de “espectro solar”, mas nem todas as cores são visíveis aos nossos olhos, como por exemplo, o infra-vermelho e o ultra-violeta. Assim, o que vemos é o espectro das sete cores visíveis:violeta,índigo, vermelho, laranja, amarelo, verde e azul.

E o preto? Bem, se o branco é a soma de todas as cores, o preto é a ausência delas. Por isso essa mistura é chamada de síntese aditiva, pois estamos somando as cores. Um experimento prático e clássico sobre a cor-luz é o disco de Newton. Trata-se de um disco com as sete cores do espectro visível pintadas ou coladas. Girando o disco, as sete cores se superpõem aos nossos olhos, dando a sensação de luz branca.
Cor-pigmento Cor-pigmento é a substância material que, conforme a sua natureza, absorve, refrata e reflete os raios luminosos componentes da luz que se difunde sobre ela. É a qualidade da luz refletida que determinda a sua denominação. O que faz com que chamemos um corpo de verde é a sua capacidade de absorver quase todos os raios da luz branca incidente, refletindo para nós apenas as tonalidades dos verdes. Essa mistura de cor-pigmento é chamada de síntese subtrativa, por ser oposta a mistura aditiva que acontece com a cor-luz. Ou seja, se na cor-luz, o branco é a reunião de todas as cores, na cor-pigmento, o preto é a mistura de todas as cores. Cada teoria se encaixa e está correta em um contexto: a cor-luz se refere ás luzes, enquanto a cor-pigmento é referente ás tintas, pigmentos, etc.

Paz e Arte!

Uma resposta para “Cor é Luz

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s